Conheça a revista em quadrinhos mais cara do mundo!

Atualmente é possível perceber uma grande atenção voltada para as revistas em quadrinhos, isso talvez esteja acontecendo por causa da grande quantidade de filmes de super-heróis que estão sendo lançados no cinema. Mas engana-se quem pensa que essa moda só surgiu no século XXI.

O sucesso das histórias em quadrinhos surgiu quando começaram a lançar periodicamente uma série de publicações nos jornais americanos ainda no século XIX, porém o formato era bem diferente do que conhecemos hoje.

Além de não possuir falas, os personagens também não eram fixos. Mesmo assim os leitores esperavam ansiosos pelas próximas publicações. Com o tempo as histórias evoluíram transformando-se nas famosas revistas em quadrinhos e o amor dos jovens e adultos por elas só cresceu.

Essa admiração é tão grande que algumas pessoas são capazes de pagar fortunas em troca de uma revista em quadrinhos. Dúvida? Então continue lendo e se impressione.

QUADRINHO QUE VALE OURO

O preço médio de uma revista em quadrinhos pode variar bastante, geralmente fica em torno de R$20,00 à R$50,00 reais, mas e se eu te falar que alguns exemplares podem chegar a custar valores que ultrapassam os 6 dígitos? Pode até parecer mentira, mas é a pura verdade.

Action Comics

A grande maioria das revistas em quadrinhos que consegue alcançar valores tão altos foram lançadas entre os anos de 1930 à 1940 no Estados Unidos.

Dentre estas podemos destacar a Action Comics #1: trata-se da recordista quando o assunto é preço de venda, um exemplar foi arrematado por aproximadamente 3,2 milhões de dólares no eBay em 2014 e em 2018 o seu valor já chega aos exorbitantes 4.4 milhões de dólares.

Mas qual o motivo desse valor extraordinário para uma revista em quadrinhos? A Action Comics #1 foi lançada em junho de 1938 e é conhecida por conter a primeira aparição do Superman, escrita e desenhada por Jerry Siegel e Joe Shuster  é considerada o marco zero das revistas em quadrinhos.

O exemplar em questão recebeu uma nota 9 do Certified Guaranty Company (CGC), um serviço independente responsável por avaliar as condições físicas das revistas em quadrinhos, essa avaliação faz toda a diferença e interfere diretamente no valor comercial.

Não é a primeira vez que um exemplar da Action Comics #1 é vendido por milhões, porém os valores foram mais baixos justamente pela nota que receberam da CGC, em média elas tiveram nota 6.

O QUE TORNA UMA REVISTA EM QUADRINHOS VALIOSA?

Para começo de conversa é bom deixar bem claro que existem dois tipos de pessoas quando o assunto é revista em quadrinhos, o leitor e o colecionador. Geralmente é o colecionador que está disposto a pagar um valor tão alto em um único exemplar raro.

Os colecionadores levam a sério alguns fatores que definem se um exemplar é raro ou não. Então não pense que uma revista em quadrinhos se torna rara do dia para a noite. Vamos ver se Action Comics #1 atende essas condições:

  • Um dos primeiros critérios é que a sua data de lançamento ultrapasse pelo menos duas décadas, como a Action Comics #1 que em 2018 completou seus 80 anos;
  • Ser a primeira edição, esse aspecto é bastante considerado na hora de classificar uma revista em quadrinhos como rara;
  • Ter poucos exemplares à disposição. Estima-se que das 200 mil cópias produzidas da Action Comics #1 em 1938 atualmente existam menos de 100 exemplares originais;
  • O estado de conservação é muito importante. Os colecionadores costumam classificar algumas revistas em quadrinhos como near mint, encontrar uma Action Comics #1 com essa classificação é raríssimo, isso significa que o exemplar saiu da fabrica e após ser lida o dono cuidou muito bem, ou seja, sem arranhões, amassados, manchas ou rasgos.

Os primeiros donos dos exemplares Action Comics #1 não poderiam imaginar que depois de algumas décadas aquela revista em quadrinhos que custava 10 centavos de dólar  poderia lhe deixar rico se vendida nos dias de hoje.

Então se você já tem o costume de comprar revistas em quadrinhos ou vai começar a comprar alguns exemplares depois de ver o valor que elas podem alcançar, meu conselho é: conserve-as bem após a leitura.

Aposto que você não imaginava que uma revista em quadrinhos poderia valer tanto, não é mesmo? Mas agora você sabe que isso é possível. Continue acompanhando as nossas postagens e descubra coisas incríveis.

Referencia: https://pt.wikipedia.org/wiki/Action_Comics